Vidas Secas por Graciliano Ramos

Em Vidas Secas, Graciliano Ramos conta a história de Fabiano e sua família, sua esposa Sinhá Vitória,seus dois filhos e a cachorra Baleia. A estória começa com a família se arrastando pelo sertão, sofrendo com a seca nordestina.

A trama é melancólica, narra todo o sofrimento do povo nordestino e claro seu pessimismo diante de um futuro sóbrio. O livro é sobre o realismo.

Eu não gostei da estória, pois a família matou a cachorra baleia para se alimentar e mesmo assim continuaram com fome e na miséria e como amo cães, detestei essa parte do livro. Os personagens são chatos, pessimistas e muito melancólico, a menos decepcionante do livro é a cachorra baleia, a qual não fosse o fato de a narrativa parecer ter o compromisso de ser realista, até seria uma personagem interessante.

Bem, eu tenho problemas com o pessimismo do autor, pois otimista; portanto, não me agradou a narrativa e a construção de personagens.

De qualquer forma vale a sua leitura para uma opinião própria; pois cada pessoa tem sua visão da trama, além disso é sempre bom ler os clássicos nacionais.

Boa leitura!

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo está protegido !!
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.