Taj Mahal – O romance da Índia por T. N. Murari

Esta historia é belíssima, é uma historia de amor romântico, mas não melada como todas as outras, rs. Tudo bem que ela começa como todas as demais encantadas, tipo: era uma vez… um príncipe que se apaixonou por uma princesa e que após 5 anos sem se verem, em 1612, acabaram por se casar.

Era o costume na época as pessoas não se conhecerem antes do casamento. Assim o Imperador rebaptizou-a de Mumtaz Mahal que significa a eleita do palácio.

Em 1628 o príncipe foi coroado com o nome de Shah Jahan, porém Mumtaz não reinou durante muito tempo e aos 39 anos morreu ao dar á luz. Durante 2 anos todos choraram a morte da rainha.

Assim, após o falecimento de Aryumand, o Taj Mahal foi construído junto ao rio Yamuna sobre seu túmulo. O monumento é reconhecido como a maior prova de amor, contendo até inscrições extraídas do Corão. Foi recoberto com pedras semipreciosas. Possui seu domo costurado com fios de ouro e tudo.

O edifício é flanqueado por duas mesquitas e cercado por quatro minerais, o monumento foi construído em mármore branco, por ordem de Shah Jahan, para sua esposa favorita, a quem ele chamava de Mumtaz Mahal, a joia do Palácio.

O Taj-Mahal é um mausoléu situado na Índia, na cidade de Agra. A obra foi construída com a força de aproximadamente 22 mil homens, entre 1630 e 1652, estes eram trabalhadores trazidos de várias cidades do Oriente.

Acredita-se que o imperador desejava fazer uma réplica do Taj Mahal do outro lado do rio, com mármore preto, porém acabou deposto antes de começar a obra, por um de seus filhos. Apesar de sua grandeza e esplendor, o Taj Mahal não é um palácio como muitos pensam, e sim um mausoléu.

Eu adoraria conhecê-lo, mas quem não gostaria não é? Afinal uma historia de amor assim não é todo dia que se houve falar…

Por enquanto me contento com o livro mesmo, rs…

Boa leitura!

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo está protegido !!
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.