O Diário de Anne Frank autorizado por Otto Frank

Quando li este livro não sabia muito o que encontraria, comecei a leitura sem ao menos dar uma olhada no resumo ou na orelha do livro, o que sempre faço em minhas leituras habituais.

O depoimento de Anne Frank narra seus sentimentos, seus breves momentos de alegria e seus medos diante de um dos mais sinistros períodos da história da humanidade. Sua triste narrativa ainda me emociona muitos anos depois de ter lido e me faz pensar como este período tão nefasto pode ter acontecido.

Anne Frank, uma garota judia com sua família, lutaram bravamente e infelizmente em vão para sobreviver ao Holocausto, mortos pelos nazistas após passarem anos escondidos no sótão de uma casa em Amsterdã.

O Diário de Anne Frank, obra lançada em 1947, foi um dos melhores e mais realista dos livros que já tive o prazer de ler, um livro tocante, sensível e importante que conta às novas gerações os horrores da perseguição a determinados grupos, em especial aos judeus durante a Segunda Guerra Mundial.

Um livro que aprofunda e acrescenta nossa compreensão da vida e da personalidade dessa menina que se transformou em um dos grandes símbolos da luta contra a opressão e a injustiça.

O Diário de Anne Frank agora consagrado como um dos livros de maior importância do século XX. Um livro que deve ser lido por todos, para evitar que atrocidades parecidas voltem a acontecer neste mundo tão desigual…
Boa leitura!

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo está protegido !!
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.