Kama Sutra

Kama Sutra é um dos livros mais antigos dedicados ao amor erótico. Um livro gostoso de ler em todos os sentidos. Vejo este livro como degustativo, sexualmente falando. É um livro gostoso até para aquelas pessoas que são apenas curiosas, basta dar uma olhada nas imagens contida nele e se inspirar, com certeza você vai aprender mais posições deliciosas mesmo sem ler, eu aprendi algumas, rs.

Por favor, não me crucifiquem, mas uma vez dei esse livro de presente para um garoto de dezessete anos, ele era como um filho para nós (coisas de bibliotecárias)  trabalhava como estagiário e vivia reclamando que sentia falta de uma mãe. Éramos quatro mulheres e um garoto solitário e carente, conversamos sobre tudo com ele e,  lógico, fizemos de tudo para que ele tivesse uma vida mais feliz.

Confesso, dei o livro pra ele, minhas amigas deram umas dicas para ele arrumar uma parceira da idade dele. O resto fica na imaginação de vocês. Se ele foi feliz! Muito! Quando saiu da biblioteca, disse que nós seriamos as melhores mães do mundo, inclusive eu. Ele casou-se e desapareceu de nossa vida. Às vezes fico imaginando o que a mãe dele faria conosco se soubesse por que o filho dela nunca faltou no trabalho, kkkk.

Misericórdia! Vamos queimar no mármore do inferno!

Falando do livro, ele é mais do que um mero livro sobre sexo e suas posições sexuais, ele nos ilumina em profundidade sobre a arte de viver do prazer para os quais temos de encontrar o parceiro certo e conduzir-nos o poder em um relacionamento bem-sucedido. A obra vai mais além, aborda também a cometer adultério, ou como viver com uma cortesã, e o uso de drogas. Mas eu me detive mesmo nas posições, ai vai do gosto de cada leitor, rs.

O livro é alucinante e nos faz viajar em profundidade nas posturas variadas e diferentes em que os amantes podem desfrutar das relações sexuais a fim de obter o prazer máximo, mil vezes melhor do que 50 tons de cinza. Ele foi escrito originalmente na língua sânscrita, a mãe de todas as línguas, numa linguagem literária da antiga Índia durante o século III dC.

Kama sutra é uma verdadeira enciclopédia cobrindo todos os aspectos possíveis do ato sexual, incluindo a sedução e a psicologia sexual. Ele também apresenta a história do Kama sutra, atitudes em relação ao sexo, o gênero, a ética sexual e a violência sexual.

É daqueles livros para ser ler só ou com quem você escolheu para pôr em prática a teoria; vulgarizado pela sociedade como um mero guia de posições sexuais, o Kama Sutra foi escrito por Vatsyayana, um nobre estudante indiano, provavelmente durante a dinastia Grupta, no século IV, um período pródigo para a Sânscrita e a Védica.

A obra a princípio se destinava aos nobres hindus, que àquela época levavam uma vida de luxo ocioso e tinham tempo para se aperfeiçoar nas habilidades sociais, artísticas e sexuais. Kama significa amor, prazer, satisfação, enquanto Sutra é um termo técnico que pode ser entendido como manual ou guia.

Kama é um dos três sustentáculos da religião hindu. Os outros são Dharma e Artha. Dharma é o mérito religioso e Artha a aquisição de riquezas e bens. Os hindus acreditam que aquele que praticar Dharma, Artha e Kama, sem se tornar escravo das paixões, conseguirá êxito em todos os seus empreendimentos. Em outras palavras, devem-se desfrutar as riquezas e os prazeres sexuais sem jamais perder a virtude religiosa. Estou até pensando em ir morar na Índia, kkkk

O bacana do Kama Sutra é que ele não é machista, ou seja, preocupa-se com o prazer de ambos os parceiros. Suas orientações não estão relacionadas apenas ao ato sexual, mas os momentos anteriores e posteriores. Exemplo de algumas dicas que o livro dá para melhorar a qualidade do sexo:

“Lembre-se que a mulher é sensitiva e auditiva; sussurre palavras de amor e paixão ao seu ouvido; acaricie a parceira e beije suavemente todo o seu corpo; a mulher adora ser beijada; beije-a ardentemente; o homem é visual, sente prazer em ver, por isso a mulher deve usar roupas sensuais e provocantes”.

Outras dicas: O segredo é usar a imaginação, criatividade e espontaneidade; todas as posições são admissíveis; imite as posições dos animais; a mulher sente-se excitada ao perceber que está dando prazer ao parceiro; desperte o prazer na parceira sem esquecer-se de si mesmo; o Kama Sutra declara que é dever do homem satisfazer sua parceira”, mas eu acredito que é dever de ambos.

Ouve-se a boca pequena que a maioria das posições do Kama Sutra deve ser olhada apenas como curiosidade, pois não propicia um sexo de boa qualidade, com boa penetração ou estimulação. Só mesmo dois atletas poderiam fazer todas as posições, mas aí o caráter amoroso perderia para o atlético ou exibicionista. Bom, eu não experimentei todas, então nada posso dizer a esse respeito, rs.

Curiosamente, o autor do Kama Sutra, era solteiro; fico pensando se ele só escreveu o livro ou partiu para a pesquisa e prática. No livro sobre a arte do amor e do sexo, o autor, procura desvendar a parte oculta do sexo e da mente, o que e como obter mais prazer nas relações sexuais.

O livro dá prazer só de olhar, prazer se mostrando, fazendo sexo com quem você ama ou não, sexo a três, a dor e o prazer, sexo às cegas, os objetos do prazer e outros temas que levarão você a descobrir condutas, desejos, excitações e prazeres que normalmente são inconfessáveis, mas que neste livro são mostrados em detalhes entremeados com ilustrações explícitas e histórias reais. Nossa, meu sangue ferve só de imaginar, e o de vocês também vai ferver quando lerem esta delícia de livro.

Que o prazer seja todo seu!

[Total: 0   Average: 0/5]

Deixe uma resposta

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
error: Content is protected !!