Gandhi – Biografia por Christine Jordis

Quando conheci a biografia de Gandhi foi, ao mesmo tempo, entender o processo de descolonização da Índia e sua cultura. É uma história marcada por religiosidade política, lutas, intolerância, filosofia de vida e preconceito.

Mahatma Gandhi era visto como um mito religioso, porém era acima de tudo um homem que buscava o auto-controle, auto-conhecimento, e acreditava que sua missão era lutar por uma Índia, quem sabe por um mundo melhor, mais justo, pacífico e solidário. Ele começou pela Índia, sua pátria.

Gandhi, porém, queria lutar, mas para isso não usava a força bruta, fundamentando assim suas atitudes nos princípios do Satyagraha, que pregoava a firmeza na verdade para combater o regime imperialista britânico, de forma não-violenta.

Com sua voz miúda e pacifica, Gandhi conseguia mobilizar multidões pregando a não-violência. O cenário inicial foi a África do Sul, onde como advogado, enfrentou a arrogância racista e defendeu os interesses dos indianos que moravam neste país.

Nesta viagem, ele não tinha grandes objetivos, fora enviado para ajudar juristas locais a redigirem, haja vista que era advogada, recém-formado e atuava em uma ação judicial.

No entanto, o preconceito racial era elevado ao extremo e este alimentou o seu desejo de justiça e foi a gota d’água quando ele Gandhi, foi espancado sem motivos.

Gandhi era um homem emblemático, seus movimentos fundiram a religião e a política num mesmo emaranhado. A primeira era o meio usado para disseminar os valores normalmente pregados pela segunda.

Mahatma Gandhi, me lembra um pouco Sidarta, este pacificador chinês, pois assim como Sidarta, Gandhi sempre estava preocupado com o amor entre as pessoas, usava o flagelo de seu corpo com longos jejuns para aumentar sua percepção e sensibilizar o povo quando a situação era conflituosa.

Foi preso em vários momentos de sua vida, mas nem isso atingiu sua influência, pelo contrário só aumentava a admiração e o amor que o povo tinha por Bapu (pai). Gandhi usava seus momentos na prisão com muita humildade, dignidade e sabedoria.

Ele sempre estava com sua roca de fiar, passava horas fazendo tecido; escrevendo cartas, artigos e respondendo suas correspondências; também costumava meditar por longas horas.

Mahatma Gandhi foi um notável sábio, líder e pacifista, com imenso amor à humanidade que lutou contra o falso progresso da civilização moderna baseada no lucro e o gigante império britânico. Luta está travada com não-violência da sua parte e muito diplomacia

Porém, apesar de nem sempre conseguir mobilizar multidões a resistir pacificamente, pois o povo era o seu inverso. Mahatma Gandhi foi um homem iluminado que buscou sua evolução e da humanidade, mas isso não excluiu o homem Mohandas Gandhi com sua intolerância em alguns casos dificuldades e nas relações familiares. Entretanto, Gandhi foi um homem consciente dos seus erros e da sua missão. É assim, que vejo este grande homem.

Leitura altamente recomendável!

Boa leitura!

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo está protegido !!
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.