A civilização Inca por Henri Favre

Mas um retorno às aulas de História das civilizações, desta vez Os Incas, estes  foram um dos povos mais civilizados da América. Compunham principalmente as tribos Quéchuas, Aymará, Yunka, etc., que formavam, segundo os espanhóis o Império dos Incas, denominação derivada dafamília reinante pertencente à tribo dos Quéchuas, a principal do império.

Os Incas habitavam aregião hoje ocupada pelo Equador, Peru, norte do Chile, Oeste da Bolívia e noroeste da Argentina. Mais de dez milhões de cidadãos haviam se fundido nesta unidade política e cultural que era de elevado nível. Fisicamente os Incas eram de pequena estatura, pele morena, variando do moreno claro ao escuro, cabelos pretos e lisos quase imberbes.

…Os Incas lembravam os índios.

Organização social e política

Quanto a sua organização social e política segundo o testemunho espanhol, eles eram perfeitos, possuidores de espírito comunitários. Adoravam o Sol reencarnado em cada Inca ou imperador, que era filho do Grande Sol, deste modo o Imperador era considerado deus dentre o povo. Os mortos eram sepultados não somente em templos, mas também em torres túmulos e covos (denominados Chullpas).

Os templos dos Incas não eram mais do que habitações de maiores dimensões e eram construídas as superfícies da terra. Um dos aspectos que mais chamam atenção na cultura incaica é a solução que deram para o problema das comunicações, que apresentavam sérias dificuldades na região dos Andes.

A tecnologia Inca

Eles estabeleceram uma complexa rede de caminhos e um corpo permanente de mensageiros (Tiasques) encarregados de transmitirem as noticias. Praticamente a agricultura que havia atingido entre eles, notável desenvolvimento, demonstrado pelas obras de irrigação.


Sistema tributário

O Estado mantinha um sistema tributário que cobrava tributos para manter os velhos e os doentes, e para fornecer alimentos nas épocas de má colheita, com um soberano, que a ideologia inca dizia ser o filho do sol (o sol lhe outorgava proteção divina e ordem social). Era um tipo de previdência social, acredito que a nossa previdência tenha alguma semente neste sistema de proteção ao povo menos favorecido.

Esta civilização também empregavam fartamente os metais, cobre bronze, ouro,prata, o que despertou a cobiça dos conquistadores e consequentemente suaexploração e sua extinção. Em 1553, o país foi conquistado por Pizarro esubmetido à coroa espanhola. A cultura Inca foi totalmente destruída e, naatualidade restam apenas ruínas de seus grandiosos monumentos templos epalácios.

Durante muito tempo a historiografia abordou o Estado Inca como um “paraíso perdido”, no qual inexistia a fome, a exploração e a violência. Estes fatos incentivaram a imaginação dos novelistas, estudiosos e pesquisadores, que procuraram descobrir influências de extraterrestres ou a construção do primeiro Estado comunista em terras americanas.

Realmente é extraordinário que uma civilização tenha se estendido por 4000 quilômetros ao longo da Cordilheira dos Andes sem dispor da roda nem duma boa malha hidroviária para transportar os excedentes agrícolas, que foi o que causou o aparecimento das civilizações em outras partes, pois os Incas com suas técnicas de engenharia fizeram obras que seriam uma árdua tarefa mesmo para a engenharia moderna.

Os incas eram construtores exímios. Sem o auxílio da argamassa, edificaram paredes tão perfeitamente ajustadas que era impossível introduzir a lâmina de uma faca entre as pedras. Milhares quilômetros de estradas ligavam as quatro províncias ou confins como as chamavam à Cuzco a capital, era superior a tudo o que existia à data na Europa.

Uma sociedade que tributava as pessoas e não a produção devia possuir um sofisticado esquema de controle. O Estado Inca conhecia a quantidade de homens, mulheres e crianças de cada ayllu, conhecia o número de indivíduos com que podia contar para montar um exército sem afetar a produção, sabia quanta mão de obra era necessária para construir uma ponte e onde requisitá-la. Sabia das necessidades de alimento, roupas e armas para sustentar os militares. Enfim, eles tinham um notável censo demográfico de sua época. É provável que tenhamos copiado deles.

A contabilidade dos Incas

E pasmem. O segredo dessa contabilidade sem computadores são os quipos, logos cordões aos quais era amarrados uma multiplicidade de cordõezinhos, onde se fazia diferentes tipos de nós, como sinais. Os quipucamayucs eram responsáveis por essa contabilidade e caso cometessem qualquer erro ou na confecção ou na leitura, pagavam com a morte, aff…imagina se isso tivesse continuado…

Ótima leitura!


Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo está protegido !!
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.