A cabeça de medusa e outras lendas gregas por Orígenes Lessa

Nossa, essa lenda é muito interessante…

Na minha infância ouvi muito essa história, dizem que em certa época, há muito tempo atrás, em um país do Oriente, havia um rei chamado Cefeu, ele era casado com uma linda rainha que se chamava Cassiopéia, já me lembrei logo da centopeia, kkkk.

Enfim, essa rainha era conhecida por sua inigualável beleza que encantava a todos e, portanto, ela era muito admirada. Muitas caravanas vinham de lugares distantes só para contemplar tamanha beleza e exuberância.

Com o passar do tempo a rainha começou a se considerar a mulher mais bela do mundo, se achando o último biscoito do pacote e, como todos que se acham o mais lindo dos seres, cometeu um grande erro, se posso dizer, fatal e pior bem diante de toda a multidão que a aclamava. Ousou dizer que era mais bela que as Nereidas.

Convém salientar que Nereidas eram ninfas e estas para infelicidade da rainha, eram protegidas pelo poderoso deus dos mares Poseidon.

Como era de se esperar, o deus dos mares ficou furiosos com a comparação e num acesso de raiva, ergueu-se das águas segurando um tridente, seu enorme cetro de três pontas, e lançou uma maldição sobre o reino. O nível do mar subiu rapidamente e inundou grande parte do país. Não satisfeito, o deus dos oceanos enviou um monstro marinho para devorar qualquer criatura que se aproximasse do reino pela região costeira.

Houve um alvoroço na cidade, os pescadores não se atreviam mais a sair de casa para trabalhar. Os navios estrangeiros que costumavam trazer preciosas mercadorias, não podendo atracar, nem saíam mais de seus portos e a economia com todo resto minguou, causando enormes prejuízos para aquela sociedade.

Desta feita, o rei Cefeu foi aconselhou-se com seus súditos, e estes o aconselharam a realizar um sacrifício para aplacar a ira do deus ofendido. Escolhendo como vítima, sua filha, a princesa Andrômeda, linda e corajosa.

A jovem princesa foi amarrada juntos aos rochedos para ser devorada por Cetus, o monstro que aterrorizava a costa. Com isso salvaria o reino. E assim a princesa ficou esperando o monstro, mesmo porque não havia o que fazer, como iria fugir amarada.

Enquanto isso, longe dali um jovem herói cumpria certa profecia. O belo Perseu, filho de Zeus deus da terra e do céu, que habitava o monte Olimpo e da princesa Dane, havia recebido três presentes muito especiais: o manto da invisibilidade, sandálias com asas e um escudo de metal, tão polido que mais parecia um espelho.

Sua incumbência era matar a Medusa, um monstro em forma de mulher, cujos cabelos eram serpentes vivas. Todos os seres que a Medusa olhava se transformavam imediatamente em pedra.

Usando seu manto e voando com as sandálias mágicas, Perseu conseguiu se aproximar da Medusa enquanto esta dormia. Quando ela pressentiu a presença de alguém, despertou, mas viu apenas sua própria imagem refletida no escudo polido do nosso herói. Antes que petrificasse, ele cortou-lhe a cabeça e colocou-a dentro de uma bolsa mágica de couro.

Assim, ao voltar dessa arriscada missão, o jovem encontrou Andrômeda acorrentada nos rochedos e ambos ficaram perdidamente apaixonados. Mas, no exato instante em que eles se olharam, o monstro Cetus apareceu.

Foi só então que Perseu se lembrou que trazia consigo a cabeça da Medusa. E não pestanejou. Aproximou-se o mais que pôde e mostrou os olhos petrificantes da Medusa para Cetus, que imediatamente se transformou em pedra e caiu no fundo do oceano.

Quando tudo parecia terminado, Perseu aproximou-se de Andrômeda para soltá-la, mas nesse exato instante uma gota de sangue da Medusa, que restara na bolsa, caiu no mar. Poseidon era apaixonado pela Medusa, mas nunca tinha conseguido tocá-la.

Esta única gota de sangue em contato com a água provocou um estrondo e uma abundante espuma branca, da qual emergiu um belíssimo cavalo alado chamado Pégaso. E assim, ao ver o filho de sua amada, Poseidon abandonou a ideia de vingança e todos foram felizes para sempre.

Como eu disse, muito interessante!

Essa leitura é uma viagem a mitologia, ao mundo de fantasia.

Altamente recomendável!

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo está protegido !!
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.